Home / Música / Após desabafo de Taylor Swift, Justin Bieber dá apoio ao seu empresário contra a cantora

Após desabafo de Taylor Swift, Justin Bieber dá apoio ao seu empresário contra a cantora

Reprodução

Após noticiarmos que Taylor Swift desabafou na internet por conta da compra de sua antiga gravadora por Scooter Braun e a perda de todo seu catálogo musical, Justin Bieber também se pronunciou. Relembre do caso clicando aqui.

O canadense publicou em suas redes sociais uma foto com um textão alegando que tanto ele como seu empresário amam Taylor Swift e que a ação da cantora foi precipitada.

Em tom pacífico, o cantor disse: “Oi, Taylor. Em primeiro lugar, eu gostaria de me desculpar por publicar aquela foto e mensagem dolorosa no Instagram. Na época, eu achei que era engraçado, mas olhando para trás, foi de mau gosto e insensível”.

Mas logo o tom alterou: “Ele foi a pessoa que me disse para não brincar daquele jeito. Scooter lhe protegeu desde os dias em que você, graciosamente, me deixou abrir os seus shows! Conforme os anos passaram, nós não nos cruzamos e não tivemos a oportunidade de comunicar as nossa diferenças, dores e frustrações”, disse.

E ficou ainda pior: “Onde você estava querendo chegar, publicando aquele texto? Me parece que era para conquistar simpatia. Você também sabia que, postando aquilo, os seus fãs fariam bullying com o Scooter. De qualquer modo, uma coisa que eu sei, é que eu e Scooter amamos você. Sinto que a única maneira de resolver conflitos, é através da comunicação.”

A mídia ficou em alvoroço com apoiadores tanto de Taylor como de Justin e seu empresário. Britney Spears, Miley Cyrus, Camila Cabello, Nicki Minaj, Rihanna e até mesmo Katy Perry deixaram de seguir o empresário em redes sociais. Já Halsey foi ainda mais longe e também fez textão defendendo Taylor: “Taylor Swift é um dos grandes motivos pelos quais eu sempre insisti em escrever as minhas próprias canções. Ela merece ser dona do próprio trabalho, que vem do coração. Ela ultrapassou todas as expectativas do que um artista é capaz de conquistar. […] E me revira o estômago que, não importa o quanto poder ou sucesso uma mulher conquiste na vida, você ainda é suscetível a alguém aparecer e fazer você se sentir impotente por despeito. Fala muito sobre tudo o que ainda precisamos conquistar na indústria da música.”

Cara Delevingne retrucou a esposa de Bieber que escreveu “cavalheiro” no post do marido. “Cavalheiro? Desejo que você gaste menos tempo apoiando homens e mais tempo tentando entender as mulheres e respeitando suas reações válidas. Como um homem casado, você deveria levantar as mulheres ao invés de derrubá-las só porque está ameaçado. Não tenho certeza se você entende o que é um pedido de desculpas. Esta questão que Taylor está falando é mais do que uma foto e você sabe disso. Como você disse, você não fala com ela há anos, o que significa que você definitivamente não entende a situação. Eu dou um passo atrás e tento aprender com isso. Todos nós devemos estar no mesmo time. Fim de história.”

Ariana Grande, que é agenciada por Scooter, decidiu apagar de suas redes sociais uma postagem em que comemorava a compra da Big Machine Records por seu empresário. Todrick Hall também saiu em defesa de Taylor e alegou que Scooter é homofóbico, não é fã de Taylor e só se preocupa em ficar mais rico seja como for.

Já Justin Bieber e sua esposa se posicionaram a favor do empresário.

Até agora nem Bieber, nem Swift e nem Braun comentaram o caso.

Autor Mateus Buzzo

Bacharel em tradução e interpretação, pós graduado em inglês, Mateus é apaixonado pelo mundo da música em geral e cinema.

Veja Também

Wanessa Camargo, Flavia Pavanelli e Murilo Cezar são os convidados do Programa da Maisa

Neste sábado, 19 de outubro o Programa da Maisa conta com convidados da música e da novela “As …